Como desenvolver sua marca pessoal? Confira 3 pontos fundamentais

Que tal compartilhar?

Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
E-mail
Compartilhar no print
Imprimir

Planejamento de carreira é algo não muito habitual para nós, brasileiros. É uma questão cultural, mas que pode ser mudada a qualquer momento. Não por coincidência, tenho visto muitos profissionais até acima dos 40, 50 anos de idade em busca de um novo norte.

Como consultora e mentora com longa experiência, minha recomendação aqui é desenvolver sua marca pessoal. Conhecendo os caminhos para estruturar esse processo, você será reconhecido no mercado por entregas tangíveis e de grande impacto.

Porém, para planejar algo tão relevante, é necessário saber o que você quer e onde pretende chegar.

Quando falamos de carreira, o ideal é que todos nós tivéssemos clareza sobre esses pontos vitais lá perto dos nossos 15 anos de idade. E que pudéssemos trabalhar as questões do autoconhecimento um pouco além dos testes vocacionais.

Como seria bom se compreendêssemos previamente, antes de ingressarmos no mercado de trabalho, quais são as habilidades que temos e do que gostamos de fazer, não é mesmo?

Meu trabalho é justamente fazer um cruzamento, junto com você, de tudo que precisa descobrir neste momento sobre o que executa melhor, o que dá mais prazer e o que traz felicidade plena. Então confira os pontos a seguir para começar a entender como trabalhar sua marca pessoal.

3 pontos para desenvolver sua marca pessoal

Um dos objetivos do personal branding, expressão em inglês para gestão de marca pessoal, é conseguir se planejar para atuar com atividades que deem prazer e o sentimento de gratificação. Claro que nem sempre conseguimos isso rapidamente. E mesmo quando chegamos lá, não estamos no topo das emoções o tempo todo.

No entanto, na hora em que tomamos consciência de qual será o caminho que mais trará realizações e satisfação, começamos a desenvolver estratégias e planos de ação.

1. Busque o autoconhecimento

A máxima “conhece-te a ti mesmo”, até onde sabemos, dita por Sócrates lá na Grécia Antiga, segue extremamente atemporal. A grande tarefa da humanidade seria buscar o conhecimento de si e, a partir daí, conhecer a verdade sobre o mundo.

Qual é a sua verdade? Entender o que lhe satisfaz, quais são suas habilidades e competências, bem como suas limitações, é o que vai fazer você trilhar um processo fluido e consistente de mudança.

Comece pelo básico, listando tudo aquilo que lhe faz bem no dia a dia de trabalho e o que não agrada tanto assim. Um olhar de fora também é superválido: peça a seus colegas de maior intimidade apontarem o que enxergam como seus melhores e piores atributos.

Pense naquelas atividades nas quais você se sente feliz em executar e procure entender o porquê disso.

Eu, por exemplo, no momento das ricas trocas que tenho com meus clientes sobre suas dificuldades, praticamente não vejo o tempo passar, pois é algo que me recompensa muito. Então, logo sei que isso é, de fato, algo que me agrada e que faço bem.

A última dica desse tópico é você realizar um teste de âncoras de carreira, para compreender o que você mais precisa para ser feliz na vida profissional.

2. Desenvolva uma estratégia

Como gerenciar a marca pessoal de forma estratégica? Se você não realizou nada nesse sentido até hoje, o momento de começar é agora!

Após levantar seus pontos fortes, pontos de melhoria e possíveis fraquezas, trace objetivos de curto, médio e longo prazo. Pode ser uma mudança de emprego, a realização de um curso, uma viagem que tanto queira fazer ou até mesmo uma transição brusca de carreira.

E um alerta: cuidado com a marca que você quer deixar como profissional. Se você muda de emprego constantemente apenas por um melhor salário ou, ainda, se permanece em uma empresa de pequeno porte, sem movimentações por longos anos, por exemplo, são tipos de marca que sua imagem irá estampar perante o mercado.

3. Conquiste visibilidade

Pode parecer estranho, mas enxergue você como um produto novo no mercado e que precisa ser notado pelo consumidor. Neste caso, a empresa produtora vai investir em divulgação, deixando claro seus melhores atributos. Com você, funciona da mesma forma.

Aqui, dois elementos devem andar lado a lado, em um processo contínuo: desenvolver sua rede de contatos e manter um ótimo desempenho no trabalho. Ambos irão aumentar seu reconhecimento e sua visibilidade.

Construa relacionamentos com pessoas que agreguem técnica e hierarquicamente falando. Participe de eventos (mesmo que os online, em tempos de pandemia), interaja em grupos de redes sociais, acrescente com seu conhecimento e compartilhamento de conteúdo rico dentro de sua comunidade.

Tenha uma performance consistente nas suas atividades diárias, mostrando-se comprometido e alinhado aos objetivos da organização. Profissionais engajados com a cultura e com os resultados de onde trabalham, ganham os holofotes e se tornam referência.

Gostou das orientações sobre como valorizar a sua marca pessoal? O fato é que todos nós, em algum ponto da vida, percebemos que as coisas não são mais como eram antes, e que precisamos tomar alguma atitude.

Nesse instante, um profissional que ajude a trilhar o melhor caminho pode fazer toda a diferença, seja um coach, um mentor ou um estrategista de marca pessoal.

 ***

Quer saber mais? Veja aqui como o programa de Gestão de Marca Pessoal pode ser transformador na sua vida e na construção da sua carreira brilhante!

Sou especialista em carreira e marca pessoal, e o que mais gosto deste trabalho é impulsionar o crescimento das pessoas, acelerando suas carreiras e contribuindo para que se sintam mais felizes com suas vidas.

Venha visitar o site e me envie uma mensagem para ampliarmos a conversa!

Que tal compartilhar?

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Deize Andrade

Alguém que adora impulsionar as pessoas a revelar o seu melhor!

Deize Andrade

Como você quer ser conhecido?

Saber o que dizem de nós é fundamental para o nosso desenvolvimento! “O diretor financeiro, é um verdadeiro solucionador de problemas, apresenta resultados muito consistentes,

Estou online
Olá, como posso te ajudar hoje?