Seja um apresentador seguro e confiante!

Você se sente desconfortável ou incomodado quando precisa se apresentar em público?

 

Dá nervoso, dor de barriga, as mãos tremem ou ficam geladas, a voz gagueja e às vezes até você esquece o que ia dizer no meio da fala?!?

 

Pois você não é o único! Muitas pessoas sofrem do medo de falar em público, por diversas razões, e algumas talvez precisem de um especialista para ajudar a romper esse bloqueio.

 

Porém, de uma maneira geral, o que acontece com quase todos nós, é que temos medo do desconhecido e do julgamento alheio. Afinal, quando estamos nos apresentando, estamos totalmente expostos à avaliação de quem nos assiste! Concorda comigo?

 

No entanto, você com certeza conhece pessoas que, quando estão num palco, ou mesmo fazendo uma apresentação para os colegas da empresa, mostram um estado de satisfação e alegria em compartilhar o que sabem e aproveitam esse momento, engajando a plateia, e saindo felizes por terem alcançado o resultado que queriam.

 

Como isso acontece? Por que eles desfrutam tanto e você não? O que eles fazem?

 

Bem, a primeira notícia que eu tenho é que há muito o que fazer para diminuir a sua aflição e chegar nesse estado de contentamento por ter se saído bem!

 

A segunda notícia é que depende de você! O que torna tudo muito mais fácil! Você define o quanto quer se aplicar e o quanto você pode melhorar!

 

Acompanhe comigo… nosso aprendizado se dá uns 10% por assistir aulas e cursos, 20% pela interação com outras pessoas que conhecem o assunto e 70% aplicando o que estamos estudando, fazendo o que aprendemos. Ou seja, o caminho se faz caminhando!

 

Não tem mágica, nem mistério!

Você decide o quão incrível você quer ser!

 

Neste artigo, vou trazer algumas técnicas que ajudam a se aperfeiçoar porém, eu trago as técnicas e você trabalha nelas. Eu estou aqui para ajudar, mas é você quem faz acontecer!

 

Vamos ver?

 

Respiração

 

A primeira técnica, a melhor de todas, é para estar relaxado e com controle emocional na hora de se apresentar. Para chegar a este ponto, lembre que a prática constante é fundamental!

 

Reaprender a respiração abdominal é muito importante para atingir o estado de calma e tranquilidade necessário. Inspire levando o ar até encher bem o abdômen, prenda por poucos segundos e solte muito devagar pela boca. Assim respiram os bebês e nós fazíamos isto até crescermos e virarmos seres ansiosos!

 

Esse exercício, se repetido por uns 2-3 minutos todos os dias antes de dormir e ao acordar, educa o seu cérebro para associá-lo ao relaxamento. Quando então você estiver em situação de estresse, como antes de uma reunião, de uma palestra, ou até de uma esperada entrevista, respire da forma indicada por uns minutos. Seu cérebro resgatará aquela sensação de bem-estar, e você se sentirá mais calmo e com controle da situação.

 

Atenção plena

 

Outra técnica é a chamada “atenção plena”. Quem faz meditação, yoga ou conhece os princípios do mindfulness sabe do que estou falando. Quem não conhece, simplificando em uma frase, é ter toda a sua atenção voltada para o que está acontecendo agora.

 

Você precisa estar no momento presente, para não perder o foco e esquecer o que ia dizer. E também não fazer aqueles “ééééé…. hããããã… (esse são vícios de linguagem que podem ser superados). Comece hoje a mesmo a observar melhor o que lhe está acontecendo a cada momento. Olhe, cheire, sinta, escute, saboreie, toque.

 

Quando for para situações mais tensas, delicadas, especiais, prepare-se mentalmente perguntando-se: onde estou? o que estou fazendo aqui? com quem estou? Resgate na memória situações positivas que lhe tragam a sensação de vitória. E também pode usar um truquezinho que aprendi com o pessoal do aplicativo de meditação Zen. Use uma pulseira ou um anel como símbolo do momento presente. Sempre que seu pensamento passear para fora do foco, e você olhar para o objeto, você volta ao aqui e ao agora.

 

Se você se interessar pelo assunto, veja aqui um workshop online e gratuito do Instituto Mindfulness, de Brasília.

 

Adquirindo confiança

 

Preste atenção aos seus sentimentos e aos seus pensamentos. O que você teme?

 

Você foi convidado a falar, então deve ser um dos que mais sabe sobre o assunto que estará em pauta, se for uma palestra ou uma apresentação! Acredite no que você tem a contribuir com as pessoas que estarão lhe ouvindo, seja uma assunto novo ou informações que você repartirá com os colegas da companhia.

 

Antes de uma apresentação ou reunião, relembre o seu conhecimento sobre o que vai falar e espante sentimentos que não contribuam para esse momento. Pense nos desafios que superou e traga à memória lembranças de sucesso.

 

Prepare-se para as perguntas que possam lhe fazer e também para ser honesto e claro, se não tiver a resposta no momento. Você sempre pode pedir o contato da pessoa para retornar com a resposta em um ou dois dias.

 

Prepare-se muito!

 

Pense aqui comigo: artistas sobem ao palco para brilhar. E o que eles fazem? Eles se preparam muito, treinam muito, ensaiam muito!

 

A maneira que temos de perder medo do desconhecido é torná-lo conhecido. E a forma de fazer isso, é reunir informações e simular as situações! Conheça tudo o que puder sobre a audiência, o local, e organize seu material e seu conhecimento, até tê-lo na ponta da língua. É aí que o medo começa a ir embora e você estará pronto para arrasar.

 

No meio disso tudo, entram muitas outras técnicas como criar um bom roteiro, como contar a história, como fazer slides de impacto, como trabalhar a sua linguagem corporal e até entender qual a melhor aparência que você pode levar a cada local em que se apresentar.

 

Tudo isso faz parte de se preparar impecavelmente. E aí, é só brilhar!

 

Anúncio!

 

Este artigo foi baseado na palestra que realizei no dia 9 de maio e que se encontra no YouTube: assista clicando aqui.

 

Todas essas técnicas e sugestões ajudam a melhorar nossa performance como apresentadores. Mas, se você quiser um pacote completo que lhe permita avançar bastante, eu lhe convido para o workshop presencial, que ministrarei em São Paulo a partir do próximo dia 5 de junho.

 

Serão 5 aulas presenciais com muita prática, reunindo as técnicas que melhor funcionaram para mim, e para aqueles colegas que pude observar crescendo a cada apresentação, nos últimos 15 anos. Por fim, uma sexta sessão individual para avaliarmos juntos o progresso de cada um e quais pontos merecem um pouco mais de atenção.

 

Se você tem interesse em aprimorar a sua presença em público, venha para esse workshop! Apenas 8 participantes para que todas as dinâmicas sejam bem aproveitadas e todos tenham a atenção necessária.

 

Link para inscrição: http://bit.ly/2IsmqFa

 

Obrigada por ler o artigo e, se achar que ele pode ajudar a outros, por favor, curta, comente e compartilhe em suas redes, para que alcance mais pessoas!

 

Sou Estrategista em Imagem e Marca Pessoal, e o que mais gosto desse trabalho é impulsionar o crescimento das pessoas, contribuindo para que se sintam mais felizes com suas vidas.

 

Visite o site, ou entre em contato comigo.

Imagem principal: stockbroker / 123RF Imagens

 

Artigos relacionados:

 

Você quer ganhar confiança para falar em público?

Os pequenos grandes detalhes da linguagem não verbal

 

 

0 Comments
Share Post
No Comments

Post a Comment