O que você ganha ao cuidar da sua Marca Pessoal?

Você está insatisfeito com os rumos da sua carreira? Por mais que se dedique, não vê suas competências reconhecidas? Pode ser que você não esteja cuidando muito bem da sua Marca Pessoal.

 

Tudo o que fazemos causa um impacto nas outras pessoas, e isso se reflete no nosso sucesso. Existimos porque nos relacionamos. Nossas atitudes sempre deixam uma memória naqueles com quem convivemos, seja a família, amigos, colegas de trabalho, superiores e clientes.

 

Essa lembrança que eles têm de nós é o que chamamos de Marca Pessoal. O termo foi cunhado por Tom Peters em um artigo chamado “The Brand Called You”, na revista Fast Company, há 20 anos. O guru da administração afirma que temos que ser nossa própria marca e que devemos administrá-la como a marca de um produto, para que alcancemos nossos objetivos. Quando não fazemos isso eficientemente, chegamos às insatisfações e frustrações no trabalho.

 

Deu nó? Então voltemos um pouquinho no tempo.

 

Lembra quando você começou a sua vida profissional? Você tinha aquela garra, aquele gosto de fazer as coisas e uns tantos sonhos? E depois? As coisas foram acontecendo, você ganhou uma ou outra promoção, ou foi convidado para uma posição em outra companhia ou quem sabe, foi demitido e logo encontrou um novo trabalho. Você nunca planejou nada, não é mesmo? E tudo foi dando certo, de uma ou outra maneira.

 

Pois é… funcionou até há pouco tempo e agora já não funciona.

 

Como se diferenciar?

 

O ambiente de trabalho mudou, o conhecimento se expandiu, quase todo mundo fala inglês, entende de Office e usa e-mail, Facebook, Instagram, LinkedIn, etc. Você precisa se destacar para ser reconhecido.

 

E se diferenciar está difícil, não é? Pois eu digo que não! Cada um de nós é um ser único, especial, com um conjunto de características que não se repete. Sempre temos um tempero a mais no nosso repertório, seja a forma de liderar, de falar, de acolher ou até de ser duro em alguns momentos. Quanta gente você conhece? Você pode apontar duas pessoas iguais?

 

Destacar-se como profissional funciona de maneira semelhante ao que deve ser feito para a marca de um produto. Em outras palavras, você deve destrinchar exatamente o que é o produto (nesse caso, você mesmo), suas funcionalidades, o que entrega, criar a estratégia para atingir os seus objetivos e colocá-lo visível no mercado desejado, para que seja conhecido e comprado.

O que você ganha?

 

Tratando a sua Marca Pessoal dessa forma, o primeiro ganho é que você sabe como é conhecido, porque cuida que suas ações reflitam suas intenções, sua forma de ser, o que está fazendo para crescer. Isso começa quando você tem consciência de quem é, quais são suas habilidades, o que você tem para oferecer às pessoas à sua volta, às empresas onde queira estar e ao mundo.

 

Tudo parte de VOCÊ mesmo, investindo em autoconhecimento, sabendo suas qualidades e defeitos, tendo claras as suas preferências, entendendo o que você pode e quer melhorar, para que, ao final, possa comunicar qual é o seu diferencial.

 

Quando você se responsabiliza pelo seu desenvolvimento, você pensa na estratégia de crescimento, não deixa simplesmente a vida lhe levar, como era comum no passado. Você cria planos de ação e busca a disciplina para colocá-los em prática.

 

Olha o segundo ganho aí! Você assume o controle da sua vida profissional e pessoal!

 

E ainda vou trazer um terceiro ganho nesse artigo (tem outros, mas fica para uma próxima!). Não podemos decidir como queremos que os outros nos vejam, mas podemos influenciar que nos percebam pelo melhor que temos. Quando você se conhece bem e começa a comunicar o que é, de forma autêntica e verdadeira, você é percebido como uma pessoa de confiança, você ganha credibilidade! Bom, né?

 

Então, já pensou como você está tratando a sua Marca Pessoal? Com cuidado e responsabilidade ou não está nem aí para ela, deixando que os outros lhe entendam como queiram? A resposta pode ser a chave para que suas competências sejam reconhecidas, sua carreira mude de rumo e você tenha satisfação no que faz!

 

Deixo o convite para que você reflita, leia, estude sobre o assunto e comece a agir em prol do seu maior ativo: sua Marca Pessoal!

 

Se tiver perguntas ou comentários, por favor, não deixe de fazê-los! Vou adorar conversar sobre o assunto.

 

E se você gostou desse artigo, compartilhe, marque seus amigos, colaborando para que mais pessoas venham a pensar sobre sua Marca Pessoal! Obrigada!

 

Se quiser saber mais, entre em contato

 

 

Direitos autorais da imagem: andreypopov / 123RF Imagens

0 Comments
Share Post
No Comments

Post a Comment